Sertãozinho ganhará 16 ecopontos em diferentes regiões

  • 11/10/2019
  • 0 Comentário(s)

Sertãozinho ganhará 16 ecopontos em diferentes regiões

População e poder público precisam estar unidos para mudar uma realidade que afeta o meio ambiente, a saúde pública e a qualidade de vida, além de depreciar logradouros e deteriorar a paisagem urbana: o descarte irregular de resíduos sólidos em vias públicas e em áreas verdes.

Esse grande desafio está prestes a ser vencido pelo Município de Sertãozinho, através da disponibilização de 16 ecopontos destinados à entrega voluntária de pequenos volumes de resíduos diversos, como entulho, móveis velhos, pneus, madeiras, massa verde e recicláveis.

Os ecopontos substituirão as caçambas comunitárias existentes e contarão com área coberta, sanitários, escritório, copa, depósito de móveis, pátio para colocação de caçambas com piso de concreto para entrada de caminhões, patamar para despejo de entulho nas caçambas, fechamento externo em gradil metálico e mureta de bloco de concreto aparente nas laterais e no fundo. Haverá também fechamento frontal em blocos de concreto aparentes e gradil metálico, e acompanhamento de funcionário para orientar o descarte.

Ao todo, serão investidos quase R$ 2 milhões na iniciativa. Com obra já iniciada, os quatro primeiros ecopontos estão sendo construídos pela empresa Lang Serviços e Construções Ltda. O valor do contrato é de R$ 469.134,50, sendo R$ 356.571,43 de emenda parlamentar do ex-deputado federal Ricardo Tripolli (PSDB), e o restante de contrapartida municipal.

Já os outros 12 ecopontos estão com processo licitatório concluído e serão construídos pela empresa Ser Rio Construtora Ltda., vencedora do certame. O investimento será exclusivamente de recurso municipal, totalizando R$ 1.469.561,45.

A previsão é de que até o mês de dezembro sejam entregues seis dos 16 ecopontos. Os restantes deverão ser finalizados até o vencimento do contrato, no mês de abril de 2020.

Segundo o diretor de Gestão de Resíduos Sólidos, Aluísio Edson Moraes Júnior, o objetivo é disponibilizar aos munícipes, que geram poucos resíduos, um local para destinação correta de inservíveis diferentes daqueles recolhidos na coleta convencional e na seletiva. “Com os ecopontos, o intuito é que haja maior reaproveitamento, reutilização e reciclagem dos resíduos, já que terão um destino ambientalmente correto”, explica.

Outro objetivo da Administração com esses espaços é reduzir os pontos mais críticos de descarte irregular nas vias públicas e áreas verdes e, consequentemente, diminuir também a quantidade de vetores transmissores de doenças, principalmente o Aedes aegypti. “Além disso, é prevista a redução de gastos com a remoção de resíduos provenientes de descartes irregulares”, acrescenta Aluísio.

É importante destacar que, o Município já vem desenvolvendo na população a consciência ambiental, com política de logística reversa de pilhas e baterias e a coleta seletiva de papéis, plásticos, vidros, metais e também de óleo vegetal usado (acondicionado em garrafas PET), realizada semanalmente pela Cooperativa dos Recicladores de Sertãozinho (CORSERTA). Já as pilhas e baterias também têm destinação correta, e os pontos de coleta estão disponíveis no site da Prefeitura.

Caçambas Comunitárias continuam à disposição da população

Enquanto os ecopontos não são entregues, a Prefeitura Municipal continua disponibilizando para a população as caçambas comunitárias gratuitamente. No total são 60 caçambas espalhadas em diversos pontos estratégicos, para que a população possa fazer o descarte de materiais inservíveis como entulho, móveis, restos de construções e de podas de árvores.

“É importante que a população continue colaborando e faça o descarte nas caçambas comunitárias, durante a realização das obras dos ecopontos”, destaca Aluísio. As caçambas estão à disposição de todos, espalhadas pelos bairros da cidade. Os endereços de onde estão localizadas podem ser acessados no site da Prefeitura (sertaozinho.sp.gov.br).

Caso a caçamba de seu bairro esteja cheia, você mesmo pode fazer o pedido da retirada. É só entrar em contato com a Secretaria de Meio Ambiente, através do telefone 3946-7800.

Fonte: Departamento de Comunicação PMS

0 Comentários


Deixe seu comentário


Aplicativos


Locutor no Ar

Bruno Vilela

A Voz do Produtor (Reapresentação)

13:00 - 15:00

Peça Sua Música

Nome:
E-mail:
Seu Pedido:


Top 5

top1
1. Padre Zezinho

Oração Pela Família

top2
2. Carlos Benethi

Rainha da Festa

top3
3. Aline Barros

Casa do pai

top4
4. Anderson Freire

Acalma o meu coração

top5
5. Aline Barros

Ressuscita-me

Anunciantes